Caminho de Santiago

Credenciais
Dicas
Depoimentos

Eventos

Notícias
Programação
Caminhadas
Encontros
Ecologia
Cultura


Redes Sociais

   
 



Aniversariantes do Mês

- Viviane Viana Silva

- Jeferson de Oliveira

- Andréa Pereira Fróes

- Everton Carlos Siviero do Vale

- Luiz Carlos de Oliveira (Lucarol)

- Priscila Rosa Lemos

- José Ronaldo Cruz

- Ronaldo Faria

- Getúlio Gomes de Oliveira

- José Carlos Barbara

- Daniela de Oliveira Rubinger

- ildeu lucas pereira

- Maria das Dores Carneiro Espíndola

- Lourivaldo Souza Lacerda

- Ariane Evangelista

- Nádia dos Santos oliveira

- Maria Florencio da Costa

- Riccelli Jullie dos Santos

- Celita

- Marília Saraiva Pereira

- Katia Pereira Germano

- Silvana Rodrigues Gonçalves

- Clea Mara Aragão

- iury fernando

- Luiz Carlos GabrielBe

- Maria gorete Fernandes Barbosa

- GERALDO DA SILVA PEREIRA

- Josmar Almeida Magalhães

- Carlos Henrique Peixoto

- Anderson Santiago Vitor

- Edésio Martinho de Oliveira

- DENILSON DE PAULA GONZAGA

- Giovana de Sousa Rodrigues

- Daniela Komaroff Simões

- Marilia de Moura Pires Moreira

- Gisele Fontana Eleutério

- Ana Paula Guimarães

- Denilson de Paula Gonzaga

- Ana Clara de Sousa Ramos Barros

- Nisomar Maciel de Almeida

- valéria rezende vieira de mendonça

- milson Alvares da fonseca

- Rita de Cassia Pinto

- Lenamara Alves Ferreira

- Emiza Macedo Rates

- RAFAEL MENOSSI DO CARMO










Informações Básicas

[a] Exame médico
    É conveniente uma avaliação médica e uma revisão odontológica.
[b] Treinamento físico
   Organizar um plano de caminhadas com aclives e declives.
   Primeiro mês: Até 120 km (caminhadas de 4 a 8 quilômetros)
   Segundo mês: Até 240 km (caminhadas de 8 a 12 quilômetros)
   Terceiro mês: Até 360 km (caminhadas de 12 a 15 quilômetros)
   Quarto mês: Até 360 km (caminhadas de 15 a 24 quilômetros)
   A partir do quinto mês estará em condições de um bom caminho.
[c] Organização da mochila
       Itens essenciais:
01 tênis ou bota.
02 meias coolmax, com reforço nas extremidades.
02 calça-bermudas tac tel ou suplex
02 camisas meia manga de dry fit ou similar
01 camisa manga comprida de dry fit ou similar
01 blusão polartec de boa qualidade.
03 conjuntos de roupas íntimas.
01 conjunto de higiene pessoal.
01 toalhas tipo fralda.
01 poncho ou capa de chuva que cubra à mochila.
01 saco de dormir. (Em caso de pernoite em pousadas é dispensável).
01 cantil, camel bag ou garrafa plástica. (O camel bag permite melhor hidratação)
01 sandália de borracha ou esportiva. (Para descanso dos pés após as caminhadas)
01 chinelo tipo havaianas (Para tomar banho)
01 gorro australiano ou similar com aba protetora de sol.
01 porta trecos (Para levar o material de higiene e documentos de valor)
01 saco plástico com medicamentos de uso pessoal.
01 mochila 40/60 Litros. (Faixa de capacidade até 8 kg)
[d] Organização da Lista de viagem.“Check List”
   Tudo que vai sendo comprado deve ser listado. Diminui a ansiedade e as correrias de última hora onde aparece à sensação de que sempre falta alguma coisa.
[e] Organização da provável rota a ser realizada
   Calcular quantos dias pretende utilizar na caminhada.
Exemplo: uma caminhada de 33 dias + 2 dias para chegar na partida + 2 dias na chegada. Total de 37 dias justos. É bom guardar + 2 dias para imprevistos. Então vai para 39 dias.
Logo o ideal é: n dias caminhando + 6 dias.
[f] Previsão das despesas
   Cálculo aproximado para 40 dias na Espanha.
   Passagens aéreas:      Brasília/Rio ou SP/Madrid/Pamplona  =è
                              =è Santiago/Madrid/Rio ou SP/Brasília. Média de 1.100 euros
   Despesas táxi: Pamplona/Roncesvalles/Saint Jean Pied Port. Média de 80 euros
                         Santiago/Aeroporto Labacolla. Média de 16 euros
   Despesas de correio: Pamplona/Santiago Compostela. Média de 9 euros
   Despesas de hospedagem: Em hotéis e pousadas. Média de 1.400 euros.
                                          Em albergues. Média de 250 euros.
   Despesas com alimentação: Café, almoço, jantar e lanche. Média de 1.000 euros.
   Despesas de souvenires: Média de 50 euros.
  
   Cálculo total das despesas: (40 dias)
   Com hospedagem em hotel: Média de 3.646 euros
   Utilizando rede de albergues: Média de 2.505 euros.
[g] Escolha da época - As condições climáticas.
            Pamplona             Burgos                 León               Ponferrada           Santiago
          Mín       Máx        Mín      Máx         Mín       Máx        Mín      Máx        Mín       Máx


Jan

0

ºc

9

ºc

-1

ºc

7

ºc

-1

ºc

7

ºc

1

ºc

8

ºc

3

ºc

10

ºc

Fev

2

ºc

11

ºc

0

ºc

8

ºc

0

ºc

9

ºc

2

ºc

11

ºc

4

ºc

12

ºc

Mar

3

ºc

13

ºc

1

ºc

11

ºc

1

ºc

12

ºc

3

ºc

14

ºc

5

ºc

13

ºc

Abr

4

ºc

15

ºc

2

ºc

12

ºc

2

ºc

14

ºc

5

ºc

16

ºc

6

ºc

15

ºc

Mai

7

ºc

18

ºc

5

ºc

16

ºc

6

ºc

18

ºc

8

ºc

20

ºc

7

ºc

17

ºc

Jun

10

ºc

23

ºc

8

ºc

21

ºc

9

ºc

23

ºc

11

ºc

25

ºc

10

ºc

21

ºc

Jul

13

ºc

27

ºc

10

ºc

26

ºc

11

ºc

27

ºc

13

ºc

28

ºc

12

ºc

23

ºc

Ago

13

ºc

27

ºc

10

ºc

25

ºc

10

ºc

27

ºc

13

ºc

28

ºc

12

ºc

23

ºc

Set

11

ºc

25

ºc

8

ºc

23

ºc

10

ºc

23

ºc

11

ºc

25

ºc

11

ºc

22

ºc

Out

8

ºc

19

ºc

5

ºc

16

ºc

6

ºc

17

ºc

8

ºc

18

ºc

9

ºc

18

ºc

Nov

4

ºc

12

ºc

1

ºc

10

ºc

2

ºc

11

ºc

4

ºc

12

ºc

6

ºc

13

ºc

Dez

2

ºc

9

ºc

0

ºc

6

ºc

0

ºc

7

ºc

1

ºc

8

ºc

4

ºc

11

ºc

  
   Os índices de temperaturas acima são as médias mensais, de mínimas e máximas, fornecidas pelo Instituto Nacional de Meteorologia da Espanha. A melhor época é o inicio do mês de maio. O caminho é mais bonito com predominância do verde. A partir de agosto é a predominância do marrom, pois toda a colheita já foi feita. É a época da caça. Quanto ao tempo é questão de sorte. Em qualquer época podes ter a chuva como companheira.
   As caminhadas no inverno estão sujeitas a outros fatores climáticos, tais como o vento, a chuva e a neve.

[h] As Finanças

   A moeda de circulação na Comunidade Européia é o euro.
   Não é conveniente levar dólares, pois os bancos cobram taxas de cambio.
   É conveniente levar cheques de viagem ou dinheiro em euros.
   Os cartões de créditos Visa e Mastercard, são aceitos para despesas durante a viagem.
   O cartão Visa Electron permite saque direto de sua conta corrente nos caixas eletrônicos com a mesma senha utilizada no Brasil.Para utilização do cartão no exterior, deve-se dar o comando necessário no auto atendimento ainda no Brasil.
 Consulte o seu banco antes de viajar.
     É conveniente levar os telefones de urgência dos bancos e administradora de cartões.

[I] Ligações telefônicas

    Brasil direto a cobrar da Embratel.   è (90099 / 00 / 55 / XX + Telefone)
    Ligações na Espanha: cartão telefônico de 6 e 12 euros.
    Ligações a cobrar com cartão.  è (00 55 XX + Telefone)
 
[J] Outras informações.
    A mochila deve ser de boa qualidade entre 40 e 60 litros.
    Confeccionar uma ombreira acolchoada para não machucar os ombros seria conveniente para as mulheres.
    O saco plástico das compras de mercado é bom guardar. Se chover calçar o saco para não molhar de imediato as meias. Parou de chover tirar de imediato, pois o suor poderá causar bolha.
    Se possível na parte da tarde após o descanso fazer o reconhecimento do itinerário de saída das cidades grandes.
   A viagem de Pamplona para Saint Jean Pied de Port é realizada normalmente de táxi.
   Os mais acostumados com os peregrinos brasileiros são os seguintes:
   Pedro Telletxea: telefone =è 629 878181
   Hector (uruguaio): telefone =è 636 992131

[K] Os Correios

     O documento abaixo é preenchido para o envio de bagagem direto a Santiago de Compostela. Todo o material que não será utilizado na caminhada poderá ser enviado.
     Levando papel pardo e fita adesiva facilita o embalo e o envio.
 
  
 Abaixo os locais, endereços, telefones e horários das agências no caminho francês.


Local

Endereço

 C.P

Telefone

2ª a 6ª

sábado

Villava

C/Oihanpea,3

31 610

948 33 24 57

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Burlada

C/Landazábal,5

31 600

948 12 84 88

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Pamplona

Paseo Sarasate,9

31 002

948 20 72 17

08.30/20.30 h

09.30/14.00 h

Estella

Paseo Inmaculada,5

31 200

948 55 17 92

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Viana

PlazaCozo, 17

31 230

948 64 58 78

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Logroño

C/Pérez Galdós,40

26 002

941 20 98 00

08.30/20.30 h

09.30/14.00 h

Nájera

Avda San Julián,14

26 300

941 36 00 51

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Sto Domingo La Calzada

Avda de Burgos,10

26 250

941 34 14 93

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Belorado

C/Redecilla,7

09 250

947 58 00 19

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Burgos

Pza Conde de Castro,1

09 002

947 26 27 50

08.30/20.30 h

09.30/14.00 h

Frómista

Pza Tuy,2

34 440

979 81 00 72

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Carrión de Los Condes

C/José Antonio Girón,18

34 120

979 88 03 45

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Sahagún

C/Regina Franco,20

24 320

987 78 02 07

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

León

Jardines S.Francisco,1

24 004

987 87 60 81

08.30/20.30 h

09.30/14.00 h

Astorga

C/Alférez Provisional,3

24 700

987 61 54 42

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Ponferrada

C/General Vives,1

24 400

987 41 09 28

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Cacabelos

C/Ángel González Alvarez,4

24 540

987 54 62 28

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Villafranca Del Bierzo

C/Ribadeo,43

24.500

987 54 03 78

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Samos

C/Generalíssimo,24

27 620

982 54 60 55

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Sárria

C/Calvo Sotelo

27 600

982 53 07 93

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Melide

C/Bispo Varela,20

15 800

981 50 58 66

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Árzua

C/Ramón Franco,38

15 810

981 50 04 86

08.30/14.30 h

09.30/13.00 h

Santiago Compostela

Travessia Fonseca s/nº

15 702

981 58 12 52

08.30/20.30 h

09.30/14.00 h

 

     Os preços de do envio do pacote pelos correios variam de acordo com o peso.
     Eis a tabela praticada a partir de 01/01/2005
      Até 2 kg =è 5,29 euros, de 2,1 a 5 kg =è 6,15 euros, de 5,1 a 10,0 kg =è 7,25 euros, de10, 1 a 15 kg =è 10,08 euros, de 15,1 a 20 kg =è 12,30 euros.
      O peso máximo de envio da modalidade é de 20 kg.
      Existe a possibilidade de compra de caixas padronizadas para embalar os pertences.
      Eis a tabela praticada a partir de 01/01/2005.
      Modelo Supergrande de 590x390x390 mm a 3,00 euros.
      Modelo Grande de 390x280x190 mm a 2,40 euros.
      Modelo Mediana de 317x215x125 mm a 1,90 euros.
      Modelo Pequena de 230x140x80 mm a 1,50 euros.

  

                             Lista de dúvidas mais freqüentes do Caminho.
[1] Posso me perder?
   É muito raro de acontecer. Pois o caminho é bem sinalizado por diversos tipos de sinais. Setas amarelas pintadas em árvores, pedras, barrancos, muros, casas e prédios.
Marcos de pedra com a concha do peregrino em cruzamentos e lugares importantes.
Pedras pintadas de amarelo no piso das trilhas e estradas.
Pedras amontoadas uma sobre as outras ao longo do caminho.
Fitas amarelas amarradas em galhos de árvore.
[2] Quais as alternativas de orientação?
    Existem diversos guias do Caminho de Santiago. Os mais conhecidos são:
El Camino de Santiago a pie – Editora El País Aguilar.
Guía Práctica Del Peregrino – Editora Everest.
Camino de Santiago Guia Del Peregrino – Edilesa Guias
[3] De qual lugar começo a minha peregrinação?
   Do lugar que achar mais conveniente. E depende de vários fatores. Tempo disponível, do condicionamento físico e da idade.
A média normal é de 20 a 25km por dia. E de 30 a 35 dias de caminhada.
[4] Tenho que completar a peregrinação sem interrupções?
   Não existe a obrigatoriedade de completar a caminhada no mesmo ano. Porém é um costume mais utilizado pelo europeu. Na época de férias tiram alguns dias para fazer parte do caminho.
[5] Uma mesma credencial serve para vários anos?
   Tendo espaço suficiente para apor os “sellos” ao longo da continuação do caminho não existe necessidade de nova credencial.
[6] O que é a Compostela?
   La Compostela é o nome do certificado oficial que concede a Catedral de Santiago as pessoas que realizam a peregrinação por motivos religiosos. São requisitos necessários além da motivação religiosa percorrer a pé os últimos 100 km, ou a cavalo e bicicleta os últimos 200 km.
   O documento que atesta o caminho percorrido é a credencial do peregrino. Ao longo do caminho o peregrino apõem em sua credencial os “sellos” firmados pelas paróquias, albergues, refúgios, pousadas e pessoas representativas dos locais de passagem.
É utilizada de forma errônea a palavra “Compostelana” que se refere à mulher natural da cidade de Santiago de Compostela.
 
[7] Tenho que ir depressa?
   Cada um deve fazer o seu ritmo. Jamais procurar seguir os passos de um peregrino mais veloz. O caminho de Santiago não é uma competição. Poderás ouvir muitas afirmações.
Eu fiz o caminho em 30 dias. Não tive nenhum problema para fazer o caminho em 25 dias.
Se não tivesse aquela dor na perna teria feito em 20 dias.
[8] As pessoas de mais idade podem fazer o caminho?
     Tendo saúde e boas condições físicas não existe nenhum inconveniente. Porém é recomendável ir ao médico e a um odontólogo para uma avaliação geral.
     Muitas pessoas cansam de transmitir energias positivas e frases de efeito, tais como:
     Faça o que seu coração manda. Santiaguinho vai te ajudar. As dificuldades que surgirem é para o seu crescimento espiritual. E por aí vai. Porém ninguém fala dos peregrinos que ficaram pelo meio do caminho por motivo de doença ou pela morte.
[9] Tenho que fazer algum treinamento?
     É conveniente fazer um treinamento com caminhadas crescentes até alcançar 25km em um só dia. Exercícios de musculação específicos para pernas e coxas, para enfrentar com menor fadiga as subidas, descidas e terrenos pedregosos.
 
[10] Só existe o Caminho Francês?
     É o mais conhecido, mais utilizado, com melhor estrutura e boa sinalização. Existe o Caminho Aragonês que é uma ramificação do Caminho Francês, e também está bem estruturado. Os outros caminhos alternativos são os Via de La Plata, do Norte, Primitivo, Português, Costeiro, De La Ria de Arousa, Inglês, Finisterra, de Madrid, Valenciano e Lucense.
   
[11] Qual a melhor época para fazer a peregrinação?
     A melhor época para fazer um bom caminho é o período de final do mês de abril até o meio do mês de outubro. Quem gosta mais de frio os meses de abril, maio, setembro e outubro. Quem gosta de forte calor os meses de junho, julho e agosto.
 
[12] O que é Ano Santo? E Ano Jacobeo?
    São aqueles em que o dia de Santiago (25 de julho) cai em um domingo. Os próximos anos santos serão comemorados em 2004, 2011, 2021, 2027, 2032, 2038, 2049, e continuam com intervalos de 6/5/6/11 anos.
 
[13] Qual a época que se encontra maior número de peregrinos?
    Nos meses de maio e junho. Em ano santo os meses de junho e julho apesar do calor.
 
[14] Que tipos de hospedagens dispõem o peregrino ao longo do caminho?
     De todos os tipos e gostos. Ninguém dormirá ao relento por falta de um teto. Ao longo da rota terá a sua disposição albergues, refúgios, pousadas, hostais e hotéis.
 
[15] Como são os albergues?
    Os albergues disponíveis são regidos por normas que delimitam os direitos e os deveres dos peregrinos usuários. Na sua grande maioria são gratuitos, e só pode ser utilizado por uma noite. Existem horários a serem cumpridos. Suas instalações variam de precárias a excelentes.
   Atualmente existe também a opção de albergues privados que cobram de 5 a 12 euros com maior conforto.
 
[16] Posso fazer reserva de acomodação em albergues?
     Não. Mas em casos excepcionais de doença, onde o bom senso deve prevalecer, cabe ao hospitaleiro avaliar cada caso.
 
[17] Só existem trilhas, campos de cultivos e bosques?
      Não. Existem os mais variados tipos de terreno. Os Caminhos de terra, as estradas asfaltadas, os pequenos caminhos asfaltados, trilhas de terra, trilhas pedregosas e caminhos especiais para peregrinos ao lado de rodovias (andaderos).
 
[18] Se existe risco de roubo ou furto?
      Como em todo lugar no mundo se deve ter cautela e cuidados com seus pertences.   
      Principalmente nos albergues organizar uma rotina para que jamais se afaste de seus documentos e dinheiro. Ao dormir coloque sua mochila ao seu lado se possível amarrada na cama.
 
[19] Alguém desistiu da caminhada?
       Sim. Existem casos de desistência por desilusão ou motivo de saúde.
[20] Algum peregrino morreu?
       Sim. Quase todos os anos acontecem mortes de peregrinos por motivo de doença ou acidentes.
[21] Qual o risco de ser atacado por cães?
       Remoto. Geralmente os cães ficam presos e os que estão soltos se afastam na ameaça de um cajado.
      
[22] Se existem bares ao longo do caminho para lanches?
     Ao longo do caminho, diversos povoados possuem bares e até mercados, porém não se pode depender muito deles. O motivo é que na Espanha se acorda tarde e nos pequenos povoados não tem uma hora definida de abertura. O normal é encontrar aberto após as 10.00 horas.
 
[23] Se existem mercados nos povoados para compras?
     Na grande maioria das paradas existem mercados em condições de abastecer o peregrino principalmente para o lanche do dia seguinte.
    
[24] Quais são os artigos mais procurados pelos peregrinos nos mercados?
     Material de higiene e artigos para o lanche, tais como, jamon York (presunto cru), jamon (presunto tradicional), queijo fatiado, queijo cremoso, pan molde (pão de forma), croissants, madalenas (bolos), pacotinhos de café e chocolate, tubo de leite condensado, água mineral, frutos secos e naturais e iogurtes naturais.
[25] A alimentação diária do peregrino é barata?
     Não, apesar de muitos acharem que sim.
     Na Espanha todo restaurante é obrigado a ter o menu do dia com preços mais baratos.
     No Caminho de Santiago o menu do dia é chamado de Menu Del Peregrino.
     Os preços variam 7 a 12 euros. Tomando por base um menu de 9 euros (30 reais).
     No Brasil em qualquer restaurante a quilo dá para duas pessoas e mais o refrigerante.
     Constam do menu normalmente.
     Primeiro prato: salada mista ou sopa.
     Segundo prato: Uma fatia de carne e batata frita ou cozida.
     Sobremesa: Sorvete, flan, pudim ou fruta da época.
     Bebida: Vinho ou água.
     Outra coisa a acrescentar é o tipo de vinho. É o vinho de consumo diário. Se quiseres tomar um La Rioja de marca famosa vais pagar em torno 10 euros.
 
[26] O caminho passa no interior de grandes cidades?
     Sim. Pamplona, Estella, Logroño, Burgos, Sahagún, León, Astorga e Árzua.
 
[27] As grandes cidades estão bem sinalizadas?
     Sim. Através de setas amarelas pintadas, ou conchas no chão ou nos muros. Ao entrar em uma cidade grande normalmente se passa na porta de uma Oficina de Turismo. Entre e peça informações e um mapa da cidade.
[28] Existe a necessidade de levar algum tipo de medicamento?
     É conveniente levar os medicamentos que costuma utilizar. Consulte seu médico. O que ele aconselha levar para inflamações, febres, bolhas e outros problemas decorrentes em longas caminhadas.
 
[29] Qual o tipo de mochila ideal?
     O tamanho da mochila vai depender do que se pretende levar. Quanto maior a mochila maior a tendência de levar mais coisas. Em média 40/50litros.
 
[30] O uso do cajado é obrigatório?
      O cajado é um símbolo do peregrino. Costuma se dizer que é a sua terceira perna. Um grande apoio nas descidas e lugares com muitas pedras ou lama. Vai depender da adaptação de cada um. A grande maioria o utiliza.
 
[31] O uso de botas de trecking é indispensável?
       É um assunto polêmico. Cada um deve escolher o que mais se adapta ao seu pé. Tem pessoas que tem dificuldade de andar com botas. Já existem tênis de boa qualidade com solado idêntico das botas. Os defensores ardorosos das botas falam que os tênis não resistem às trilhas. Tudo bem. Dos 761,7 km de caminho só 13% são de trilhas.
 
[32] Existe alguma dificuldade devido à mudança da moeda?
    Com a mudança da moeda de pesetas para euro faça a seguinte conversão.
    1 Euro = 166,386
    Exemplo:
   1000 pesetas / 166,386 = 6,01 euros
   125 pesetas / 166,386 = 75 centimos
 
[33] Como é a passagem pela fronteira entre a França e a Espanha?
     É fronteira seca com livre transito. O passaporte só é apresentado na Aduana quando se entra no país. É muito raro algum guarda ou autoridade exigir o passaporte durante o caminho.

[34] Como são os banheiros pelo Caminho?  Só os dos albergues?
     Os banheiros dos albergues atendem a necessidade durante a estadia nos mesmos. É bom levar sempre a sua reserva de papel higiênico, pois às vezes na hora H com o albergue cheio pode faltar. Durante o caminho existe a possibilidade de usar o banheiro de algum bar do povoado por onde se passa.  Agora se surgir uma emergência é no mato mesmo!

[35] Existem chuveiros de uso masculino e feminino?
    Geralmente é uma bateria de chuveiros de uso misto. Cada um leva a sua toalha e roupa para o box. Alguns boxes de albergues as cortinas são muito simples. Dá para tomar banho sem nenhuma roupa. As pessoas mais tímidas passam maiores dificuldades, mas com certeza voltarão menos tímidas.
[36] Como é que funciona na prática a lavagem e secagem de roupa?
    Primeiramente vai depender da época. Com sol e calor as coisas ficam mais fáceis. Se a chegada no albergue é com chuva complica, pois além da demora para secar o espaço
físico para pendurar a roupa fica reduzido.
    Alguns albergues possuem secadoras de roupas que funcionam com moedas e outros tanques comuns.
    Quando existem muitos peregrinos a fila é inevitável. É um exercício de paciência, pois a demora às vezes é grande. Quando a roupa não seca cada um inventa um meio de carregar por fora da mochila na caminhada do dia seguinte.
    Daí a necessidade de sempre levar no mínimo um conjunto de reserva de roupas e mais de dois pares de meia.

[37] Qual é o horário de funcionamento de bares e restaurantes?
    O horário de funcionamento dos bares é crítico pela manhã, pois alguns bares só abrem após as 10.00 horas da manhã. Atualmente muitos estão abrindo cedo. É bom sempre perguntar ao dono do estabelecimento a que hora vai abrir.
    Em certos locais abrem bem cedo (6.30/7.00 horas) por causa do café da manhã dos peregrinos.
    O almoço normalmente entre 14.00/15.00 horas e o jantar 20.00/22.00 horas.
[38] Qual é a média de preço dos Hostais?
     Os preços dos hostais variam de acordo com o conforto.
    Variam de 15 a 36 euros, mas a média fica entre 24 e 30 euros.
     Os mais caros têm banho privativo, TV, calefação, ar etc.

[39] Os hostais tem horário estabelecido como os albergues, ou como os hotéis?
     Funcionam como um hotel, mas a maioria não possui balcão de atendimentos.
    Você recebe a chave do seu quarto e da porta de saída.
    Podes entrar e sair sem problemas a qualquer hora.

[40] Como se deve proceder ao chegar em um albergue?
    Todo albergue tem a sua norma de abertura e fechamento.
    Normalmente os albergues abrem a partir das 15.00 horas, e fecham às 22.00 horas.
    Quem chega muito cedo é obrigado aguardar a abertura do albergue.
    Com o aparecimento de albergues privados que visam o lucro muita coisa mudou.
    Os horários de atendimento são mais flexíveis.
    Os albergues de atendimento gratuito ou donativos possuem um hospitaleiro ou pessoa responsável para receber e manter a ordem no albergue.

[41] Podemos deixar a mochila sobre a cama de um albergue e sair para comer?
    Normalmente a mochila é deixada no chão ao lado da cama e a mesma é marcada com o saco de dormir estendido.
    Os objetos de valor, documentos e dinheiro seguem junto com o peregrino em qualquer lugar.   
    Até mesmo na hora do banho ou necessidades fisiológicas.

[42] Qual a média de horas diárias de caminhada?
    Os tempos diários de caminhada variam em torno de 6 a 9 horas.
    Depende muito em função do número de paradas para descanso e condições físicas.
  
[43] Qual o horário aproximado do amanhecer e do anoitecer durante o caminho? 
    Nos meses de Maio a Julho o tempo de luz é bem maior.
    Amanhece às 06.30h e anoitece às 22.00 h
    Nos meses de Agosto e Setembro o tempo de luz já começa a diminuir.
    Amanhece às 07.30 h e anoitece às 20.30 h
    Em dezembro amanhece às 08.30 h e anoitece às 18.30 h
[44] Qual o horário aproximado mais indicado para o início da etapa diária?
     Sempre que possível logo que tenha claridade suficiente de identificar a sinalização.

[45] É possível caminhar à noite?
     Em tempo bom, com céu claro (noites de luar), e trechos amplos e conhecidos é possível.
     Aumenta o risco de se perder, e o encontro de um cão de guarda mais afoito em alguma chácara ou galpão.
[46] Existe a possibilidade durante a caminhada de paradas para lanche e almoço?
     Depende do costume de cada um. Normalmente as paradas são para descanso e lanche.
     Alguns optam em dividir a etapa em duas com a parada para almoço, mas é raro.

[47] O que se leva de lanche na mochila? E de água?
    Cada um leva um tipo de lanche a seu gosto. Normalmente um sanduíche de queijo ou presunto, uma fruta, barra de cereais ou chocolate, pequenos bolos chamados de madalenas, suco ou chocolate em caixinhas.
    A água depende do tamanho da etapa e do nº de pontos de apoio. Média de 1 a 2 litros.

[48] O café da manhã é providenciado de véspera?
    É sempre bom verificar ao chegar no povoado como funciona a logística do mesmo.
    Horários de abertura e o que podem oferecer.
    Caso abram muito tarde compre o seu lanche da manhã e o do caminho na véspera.
    Procure também saber a sua etapa do dia, e o que os povoados por onde vais passar têm a oferecer. Muitas etapas possuem muitos lugares para lanche e quase se torna desnecessário carregar um peso a mais.
    E o conselho também é para a água. Etapas com poucos povoados mais água, etapas menores e mais povoados menos água.
    Fica a critério de cada um a logística diária.
[49] Durante a caminhada encontra-se muitos peregrinos?
    Dependendo da época o número de peregrinos é grande, mas nada impede que se ande sozinho. Época de maior movimento de maio a setembro.

[50] Quanto tempo leva de táxi de Pamplona até SJPP ou Roncesvales?
    O percurso entre Pamplona e Roncesvalles é em torno de 50 quilômetros, e a viagem devido ao percurso sinuoso e de aclive da estrada leva 70 minutos em média.
   Continuando a Saint Jean Pied de Port que são mais 28 quilômetros teremos mais 30 minutos.

Visitas: 76595